Li

Google+ Followers

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

ANÔNIMO

Tenho dificuldade para entender gente que pode falar o que pensa e o que sente, mas prefere se calar.
Gente que pode ver a olhos nus, mas prefere as vendas, os óculos, o microscópio...
Gente que pode tocar a pele, o coração, a alma, mas prefere a fotografia, o vídeo, a tela plana, o invisível...
Gente que pode sentir o espírito em sintonia, mas prefere o silêncio do ego.
Gente que podia correr por floridas veredas, mas prefere o céu encoberto de nuvens.
Gente que podia cantar uma sinfonia de Bach, mas prefere os ruídos de um microfone afônico.
Gente que dialoga consigo mesmo, ao invés de declamar versos, recitar versículos, gritar socorro!!!
Gente que escolhe duas, três opções de cardápio, ao invés do banquete pleno da santa ceia, regado a pão e vinho.
Tenho muita dificuldade pra entender gente assim, que não parece gente, mas uma miragem, que longe está, mas perto vive!

Lilian Flores