Li

Google+ Followers

quarta-feira, 26 de abril de 2017

SURDOS - MUDOS

SURDOS - MUDOS

Dizem os entendidos, que:

🗣🎵Ama-se a sonoridade que a voz do ser amado tem, e que se consegue distinguí-la dentre muitas vozes;

👁‍🗨👌Ama-se o silêncio proposital ou natural, típico dos que se comunicam melhor pelos olhares e com as mãos;

💋🌫Ama-se o cheiro da pele, do perfume, do hálito, do ar, de tudo que pertence ou faz lembrar-lhe;

🍯🌄Ama-se as ideias e os ideais, as manhas e as manhãs, o mel e o fel, que sai das entranhas da alma, do corpo e do espírito;

💒⛪Ama-se a fé ou a ausência dela, a inquietação e a quietude, a tristeza e a euforia, o falar polido e também, o demasiado;

😀😡Ama-se a espera e a procura, a timidez e a descontração, a beleza nata e a superprodução, o sorriso largo e a bravura severa;

😍🏋Ama-se por completo, o todo e tudo. Ama-se pelos poros, pelos pêlos, pelas curvas, pela fluidez, pelos lábios, pelos peitos;

🎼📖Ama-se por centímetro quadrado, por todos os lados, por todo o tempo, por infinitas canções, por cavalheirismo, por orgasmos, por saudades e em orações;

💑🕴Ama-se monogamicamente, unicamente, exclusivamente,  solitariamente, imaginariamente e incansavelmente;

❤💘Dizem os entendidos, que se ama uma única vez e que do amor não se escapa; pois quando acontece, ele emudece a alma e ensurdece o coração e nada mais existe, além do ser amado! Será mesmo? Talvez!

🚪🌩A certeza que tenho, é que o amor bate à porta! Não se corre atrás dele. Não se mendiga e muito menos se implora... Acontece como chuva no verão... De repente!

🚪☠Bate à porta, entra, ceia e consumado está para todo o sempre! Porque amor tem que ser eterno. Se não for pra ser assim, não precisava existir AMOR, vivia-se de paixões! Mas de paixões não se vive, perambula-se pela vida, como mortos-vivos que não somos!

Lilian Flores

www.contoscontidos.blogspot.com.br



quarta-feira, 19 de abril de 2017

MEU MILAGRE❤


Nas minhas férias, em uma chácara na cidade de Almirante Tamandaré/PR❤, recebi a visita indesejada de uma mosca varejeira em meu ouvido esquerdo. 👂Ela foi tirada em minutos,⏳ porém, foi tempo suficiente para deixar seus óvulos; que se transformaram e se multiplicaram em larvas rapidamente. No dia não senti nada, mas a noite🌜 parecia que o mar de São Chico estava dentro do meu ouvido. A sensação era de barulho de ondas.🌊🌊

No dia seguinte, as pessoas ao meu lado conseguiam também  ouvir o barulho e em questão de minutos, a dor surgiu! Dor insuportável, na qual eu não conseguia sair do lugar sozinha. Levaram-me ao Pronto Socorro🏪 da cidade, onde a médica examinou diagnosticando-me com uma infecção no ouvido (Otite). Voltei para o alojamento do retiro e após medicação endovenosa,💉 mais os remédios via oral💊💊💊, senti-me parcialmente dopada e dormi por 7 horas seguidas.
Pela manhã, meu pai foi me buscar, pois eu não tinha condições de vir dirigindo, até porque o carro também estragou 🚘. Enfim, vim de Curitiba a São Chico literalmente, gritando e chorando a viagem inteira, que durou 3 horas.

Ao chegar na clínica, o dr. Walmor deu o mesmo diagnóstico da médica paranaense. Mas enfim, errar é humano! Inconformado com os meus gritos de dor, meu pai levou-me para o Pronto Socorro e o médico de plantão, dr. Mário, examinou-me e diagnosticou: Miíase. Ou seja, infecção parasitária por presença de larvas.
Graças ao abençoado plano de saúde, a ambulância 🚑 levou-me diretamente para o hospital da Unimed, onde tem um Otorrino👼 de plantão, dr. Leonardo Moller, que fez a retirada desses bichinhos indesejados; aproximadamente 70 larvas e depois me internou para monitoramento.

E nessa quarta-feira, único dia que ele atende na clínica, viu meu ouvido pela primeira vez, após o período de 15 dias de tratamento com remédios. Mas, para HONRA e GLÓRIA do nosso DEUS, ele afirmou que meu tímpano está 100% reconstituído e que tudo está INTACTO, PERFEITO!  Ainda disse, que se não fosse ele que tivesse feito o procedimento, nem acreditaria que meu ouvido teve Miíase. Pois, nesses casos, o normal era eu ter danos permanentes na audição, porque quando o tímpano é totalmente rompido ou melhor, comido pelas larvas, como foi o meu caso, o normal era não se reconstituir, exceto em crianças, 🚼🚼🚼 onde a regeração é sempre pró-ativa e também nos rompimentos parciais.
Mas a danada das larvas, não só comeram meu tímpano, como tb ultrapassaram o canal auditivo e já estavam nas cartilagens internas.
E o médico ao examinar🔍 e ver tal resultado, com total restauração, em tão pouco tempo, (15 dias) ficou mais feliz do que eu!!  Porque vos confesso, eu conheço de perto o poder do nosso Deus, mas também confesso, que as palavras intacto e perfeito tornaram-se música para os meus ouvidos!!

E então, por 3 vezes ele disse que eu tinha muita sorte.🍀 E por 3 vezes, eu lhe disse que era DEUS!!!❤🕎👑🎯🎯✝✝✝✡ E feliz pela excelente recuperação, o dr. Leonardo confessou: EU NÃO DUVIDO, nunca vi nada igual! 🙌🙌🙌
AMÉM!!! 🙏🙏🙏

OBRIGADA, DEUS! Obrigada, igreja! Obrigada, família! Obrigada, pastor e Mônica!!! #FamiliadeDeus #JesusETudo #ImpossivelViverSemEle #QueDiminuaEuCrescasTuJesus

Lilian Flores

www.Contos contidos.blogspot.com.br

terça-feira, 18 de abril de 2017

SENTENÇA

""Tudo que é seu, (ou pra ser seu) encontrará um modo de chegar até você" ( C. Xavier) #EuAcreditoEmAlmasGêmeas #DuasCostelas

Essa frase é linda, sublime e traduz em outras palavras o que Moisés escreveu em Dt.28 em " que as bençãos do Senhor nos alcançariam." Resumindo, é isso! Mas confesso que essa frase tem um "quê" poético e lírico, que acorda sentidos adormecidos pelo tempo.
À primeira vista, nos transmite uma mensagem de comodismo; de que independente se nos esforçarmos ou não, tudo acontecerá como se fosse mágica!? Não!
Apesar de acreditar no mover das coisas. Na fé. Nas orações. No poder sobrenatural. Nos milagres de Deus... Porém, acredito nas nossas ações e na força que elas têm para mover às bençãos de Deus e pra que elas se acheguem até nós. A chamada lei da semeadura: aquilo que semearmos certamente, colheremos! O que tens semeado para quereres colher? A semente ou ação pode se dar no campo da fala, do que pensamos ou fazemos. Sim, pensar é uma ação também!
Embora, em nossa sociedade ocidental o ato de  pensar não seja uma ação valorizada, comparada às outras culturas orientais. No entanto, é preciso pensarmos antes de agirmos! Medir consequências. Pesar os prós e os contras. Tecer percepções. Observar posturas. Ouvir principalmente, conselhos dos anciãos e de Deus! Sim, Deus fala! Basta estarmos atento e querermos ouví-lo e então, veremos suas respostas. Nem sempre seu falar é audível, como aconteceu com os patriarcas e profetas. Seu falar pode ser através de uma pessoa sábia. (Uma experiência de vida, uma história, uma anedota, um conselho...). Pode ser através das leis naturais que circundam nossas vidas (Doenças, morte,  nascimento, aborto, perdas ou ganhos financeiros...).  Pode ser através da Bíblia (Um versículo, uma palavra, uma história, um salmo, um provérbio, uma parábola...). Através de um hino, um cântico, uma prece, um falar contido ou demasiado...  E porque não, através desse pensamento pensado por um pensador? Tudo depende do que queremos ler, ouvir, ver... Tudo depende do nosso olhar! Da nossa capacidade de desejarmos interpretar, como estou tentando fazer agora com essa frase. Tentando tirar leite de pedra. Tirando da linha às histórias contidas nas entrelinhas, nos silêncios, nos gritos, nos gemidos, na musicalidade, na ousadia, na timidez, nas metáforas, nas hipérboles e nos pleonasmos das palavras contidas nessa sentença de espera...
Mas o clímax da história, onde está? Está nos teus sentidos! Ou sente ou não sente! Não existe meio-termo, meia-verdade, meio sentimento...? E as almas gêmeas? Não são elas metades que se encontram? Ou o certo seria, inteiros que se completam? Eis a questão! Depende da tua retina...
Como as coisas chegarão a mim, sem que esteja claro que me pertencem? Braços cruzados ou mãos a obra? Se eu vos disser que a resposta é meio a meio? Decepcionei-te? Estou eu me contradizendo? Nao estou, eu sou a contradição! Mas, me perdoe, eu não estou para dar respostas. Estou no mundo para fazer perguntas ou para ser a resposta.
Dar respostas é o inverso de ser resposta. Uma é teórica e a outra é práxis. E é por isso que essa frase encanta-me: o início dela é teórico, mas após a vírgula, nasce-se a prática... Meio a meio! Tipo pizza: por favor, uma gigante, metade teoria e metade prática, regado com azeite de perseverança e bordas de fé! Porque cá entre nós, não é uma prática comum, trivial e racional, como se espera. Essa prática rompe barreiras da física quântica, emudece teorias evolucionistas, fortalece laços de sangue, inibe autoridades autoritárias, silencia plateias egocêntricas, unem ativistas meio religiosos a meio céticos apaixonados e reticências!

Lilian Flores
www.contoscontidos.blogspot.com.brpot.com.br
www.contoscontidos.blogspot.com.br


terça-feira, 4 de abril de 2017

Odores que me fascinam



Odores que me fascinam
🌻🌼🌸🌷🏵🌹🌱🌿🍁🍁🍁🍫🍮🍵☕⛈🌧🐰🐇🌡

O cheiro das coisas nos fazem imaginar amores possíveis, alegrias perenes, felicidades clandestinas, mundos encantados, sentimentos infinitos...
O cheiro do chocolate se derretendo, lembra a infância, a história de João e Maria -, a casinha da floresta, a agoniante espera da Páscoa... Um sonho de valsa!
O cheiro da chuva molhando a terra seca em dias ensolarados, lembra o outono -, a estação que renova a vida, refresca os sonhos, encharca os olhos insones!
O cheiro do mato mata a tristeza urbana, a indiferença animal, a insensatez insana, a loucura paradoxal...Que masturbam a terra no charco de lírios!
O cheiro do alho no óleo cozinha os pensamentos antropofágicos -, que esperam urgentemente por outros temperos, por água, por fervura... e eis o banquete sobre à mesa!
O cheiro do café acorda os sentidos adormecidos, pela noite mal dormida de sonhos açucarados e pesadelos requentados...
O cheiro das flores no jardim penetram às varandas, às janelas, os corredores, à sala de estar, às narinas... E de repente tudo está consumado!
O cheiro do perfume aguça os pensamentos profanos, em madrugadas acalentadas de silêncios e orações.
O cheiro da pele concretiza a abstração do toque, a temperatura do corpo febril, a suavidade da voz, a sutileza do olhar, a nudez da alma, a sensibilidade do espírito, a euforia do orgasmo... entre outros despertamentos proibidos.

Lilian Flores
www.contoscontidos.blogspot.com.br





sábado, 1 de abril de 2017

Olhares



Nas tecituras dos olhares comunicamos-nos como surdos e mudos. A palavra não é necessária, ela é um enfeite que adorna o silêncio entrecortado de desejos.

Lilian Flores