Li

Google+ Followers

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Conjecturas Políticas

A grande pergunta que não quer calar: quem será que será? Reina o silêncio dos inocentes! Hahaha E como eu não sou inocente, faço aqui minhas conjecturas:

SECRETARIA DOS ESPORTES: como disse na última crônica, que nem sabia o nome do atual secretário e acredite, continuo sem saber. Porém, entretanto, todavia, fiquei sabendo que o atual secretário seria o Sem Limites, Raulino Nickel! Achei uma boa pedida, visto que ele sempre teve sua visão voltada pro Esportes, patrocinou muita gente em eras de escassas empresas em São Chico City, foi o percursor com academia, e é um gestor nato. Só queremos que as academias de ruas, ou "Estica Velho" sejam multiplicadas e conservadas. Sucesso garantido se for ele!!!

SECRETARIA DA AGRICULTURA E PESCA: Sei que é lindo e romântico colocar um pescador ou agricultor, mas já fizeram isso no passado e não funcionou. Ouvi alguns nomes, mas confesso que o nome que mais me chamou a atenção foi o PC. O Cia Paulo Cezar Ramos, pode ser que não seja o mais entendido, mas já trabalhei com ele e o que põe a mão, acontece! Trabalhamos como professores na extinta Casa Familiar do Mar, onde ele deu o sangue pra colocá-la funcionar. Infelizmente, algumas pessoas fizeram de tudo pra que ela não existisse mais, e conseguiram! Lembro do PC na coordenação do Mais Educação, havia aulas de dança, esportes, teatro, etc... Enfim, muita gente não gosta dele, fazem caras e bocas, mas deviam trabalhar ao seu lado por um mês e tenho certeza que mudariam de opinião. Ou iriam odiar, porque ele não deixa ninguém parado, ou iriam amar, porque o que ele tem pra dizer, não manda recado. Eu só sei de uma coisa: ele vai fazer acontecer!!!

SECRETARIA DO BEM ESTAR: Essa é a Secretaria caça-voto. O objetivo é promover o Bem Estar Social a quem precisa. Logo o necessitado, o carente, o marginalizado, o pobre coitado... aquele que sobrevive com 1 salário mínimo. Mas eu não vim aqui pra falar da MISSÃO da Secretaria, vim pra dar meu palpite. Dos nomes que ouvi, me simpatizei com Prof° Joelson Dos Passos. Ele saiu de sala de aula desde que entrou na greve reivindicando melhores salários e acho que nunca mais voltou. Mas eu tive a honra de ter sido sua aluna. Foi meu professor de Português na 6ª série e ele foi uma das minhas fontes de inspiração pra seguir essa carreira. Enfim, mas um professor no Bem Estar? Mas o Joelson é um dos caras que mais entende de leis, não sendo advogado. Já passou por todas as áreas dentro da própria secretaria do Bem Estar. Lembro também quando trabalhou no CMDCA. Um critério tem que se levar em conta: essa secretaria você atende a classe D, E, F... Portanto, tem que gostar de pobre e principalmente, ter compaixão. Se colocar no lugar de sofrimento do outro. Se pastor Jorge tivesse vivo, eu diria que ele seria a pessoa ideal. Porque cá entre nós, tá pra nascer alguém que goste tanto dos humildes, dos necessitados, dos que vivem à margem da sociedade como o falecido pastor Jorge. #FicaADica:  há igrejas sérias, pastores e padres bem intencionados, que fazem um trabalho social anonimamente pelos cantos da cidade. Seja quem for que assumir, é preciso se articular com a sociedade civil organizada (Ong's, Associações, APP's etc) Estar aberto a aprender e ensinar! Um professor tem essas habilidades!

SECRETARIA DA CULTURA: Não vou ser prolixa e me repetir. Pra mim, não há ninguém do gabarito dele na nossa região e nem no nosso Estado com a visão de gestão de cultura,  fomentação de produtos culturais, de preservação de patrimônio, de estética artística... como o atual secretário da cultura, Daia Carvalho Cultura. Aqui vale aquela frase: EM TIME QUE SE ESTÁ GANHANDO, NÃO SE MEXE! E detalhe, ouvi alguns nomes que não vou nem citar e muito menos gastar meu latim. #Ficadica: pra quem foi ou deseja uma secretaria, não basta apenas entender da coisa, é preciso se cercar de gente que vai te ajudar "a fazer acontecer"! #ColaNeleQueÉSucesso

SECRETARIA DA SAÚDE: Essa é certamente a Secretaria que mais traz dinheiro para o município, porém é a Secretaria que mais tira o sono de um prefeito, acredito eu! E vamos combinar, apesar de termos um hospital TOP com uma ótima estrutura, no entanto, cadê os especialistas? Especialista que lê e interpreta exames, não é suficiente. A cidade precisa de cirurgião. O Hospital tem estrutura física, mas o povo precisa esperar 2, 3, 4, 5 anos por uma cirurgia simples. Será que o atual prefeito, assim como seu antecessor, colocará o vice como secretário da saúde? Tudo pode acontecer! Não seria nada mal, até porque dr. Walmor é médico e ninguém poderia atirar pedras. Pois, entender de saúde e saúde pública, ele entende! Porém, acho que o Secretário da Saúde tem que ser um cara que sabe lidar com a "máfia da saúde" . Cá entre nós, pra lidar com essa galera, tem que ter uma filosofia de vida na veia: "Uma mão lava a outra". Uma boa pedida pra essa Secretaria, é o Raul Francisco Macedo ou Chico Macedo como é conhecido. Ele tem a lábia, a manha de lidar com a turma da base, além de anos de saúde. #FicaADica: o erro que não se pode repetir, é esquecer dos postos de saúde. 80% dos votos contras, foi a rejeição do povo carente que depende dos remédios que não se encontra nos postos de saúde. Há meses dentistas não atendem porque não tem luva entre outros... Meu pai faz curativos todos os dias e ele compra quando está em falta, seu kit sobrevivência (gazes, pomada, soro, sabonete líquido, etc) porque o posto só ofereceu a mão de obra, em boa parte desse ano eleitoral. Diga-se de passagem, que são especialistas maravilhosas e ele só não fez denúncia no Ministério Público e não me deixou fazer, por causa das meninas, como ele chama, são competentes demais, boas demais, e estão na linha de frente da batalha. Elas que ouvem os desaforos e desabafos da população, quando deveria ser o Secretário e o prefeito. Hello! Atenção à saúde nos bairros! Remédio, cirurgias, médicos, enfermeiros... são primárias e não se pode deixar faltar, NUNCA! É preciso ter em estoque. Com saúde não se brinca, porque é vida ou morte!

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO: Ou a cereja do bolo! A secretaria que mais traz dindin para os cofres públicos e é ela a responsável também pelas mazelas da sociedade. 😱 Todo mundo ama falar de educação, dizer o que se deve fazer e como se deve fazer Educação. A fórmula tá na boca do lixeiro ao empresário. Mas, assumir que Educação começa em casa, no berço... Essa frase não se usa mais! Hoje, a moda é a educação compartilhada: o pai fica um sábado com filho e surta; a vó moderna passa o fim de semana, cresceu 2cm os cabelos brancos; a mãe fica só a noite ( porque a maioria das crianças passam o dia na escola ou creche) e resolve tomar Lexotan, porque se estressou e  todos chegam na porta da sala do professor e dizem: eu não sei mais o que fazer, não dou conta! E aí produção? Esse é o grande desafio do novo ou da nova secretária da Educação: tentar aliviar a culpa que a sociedade impõe sobre nós! Mas isso é utopia! Também acho! Viva às utopias! Nós professores não queremos apenas melhores condições de trabalho (ar condicionado, vidro nas janelas, livros, biblioteca, internet, etc), melhores salários, plano de carreira... isso é bom, mas não é suficiente! O professor precisa de também de elogio, reconhecimento, um obrigado, etc... Chega de discursos lindos e pomposos. Precisamos de injeção de ânimo no dia-a-dia! Pra algumas pessoas elogiar o outro,  é dar moral, é tirar de si o brilho, é reconhecer que tem gente melhor que vc, como? Não pode! Eu sou o cara! Enfim, ser secretário da educação, tem que ter a capacidade de lidar com bipolares, TOCmaníacos, entre outros distúrbios comportamentais. Porque estamos adoecendo cada dia mais e demoramos muito pra perceber quando estamos realmente doentes. Geralmente, só se descobre num surto psicótico.
Mas a pergunta que não quer calar: quem será? Tchan- tchan-tchan!!!! Ouvi vários nomes que me causaram náuseas, mas gostei da pedida do Prof Marcos Jeronimo de Araujo, profº. de História do Santa. Trabalhamos juntos por dois ou três anos, quando ele fazia mestrado, há 12 anos atrás mais ou menos. É um professor diplomático, foi diretor, enfim tem competência de sobra e uma visão realista e não sonhadora, de que iremos salvar o mundo! Outro nome que me apetece, é o da Clarice Portella. Muita gente torce o nariz, porque assim como o PC e a atual Secretária Mara, ou a amam ou a odeiam. Clarice é articulada politicamente, tem visão gerencial, pois já ocupou a gerência de Educação do Estado. Enfim, sabe fazer acontecer e sabe onde está a fonte. Ela é do tipo, que não vai ao padre, procura direto o Papa!
Também soube que Mara podia continuar. Não seria nada mal, fez a diferença. (Maior quadro de efetivos que contratados, sempre foi o contrário, lotação, orientadoras e supervisoras nas escolas, cargo quase extinto antigamente, diretriz, etc). Mas confesso, que é uma das secretarias que mais desgasta a imagem de uma persona. E num empate técnico com a Saúde, é o cargo mais desgastante! Mesmo tendo tido grandes avanços, a única coisa que sabem dizer: quase não tem aula, ( feriados, ponto facultativo e reuniões pedagógicas) e claro, a falta dos professores. É pra acaba! Enfim, acredito que nem ela queira mais estresse e nem a turma do contra. Aquelas pessoas que elogiam na frente e resmungam por trás. Uma coisa é certa, se dentro de um ano o novo ou nova Secretária de Educação não der conta do recado, como aconteceu no primeiro ano de gestão do antecessor, chame a Mara Lúcia Moreira Jasper, porque em um ano, ela já conseguiu descansar e desestressar; e ela apagará o incêndio e manterá a casa sem fogo por mais 7 anos!!!!! Durma com esse barulho! #Adoro
#FicaADica: Pra Educação, tem que ser alguém que conheça o chão da sala de aula e que tenha educação acima de tudo. Fiquei sabendo de alguns nomes que me arrepiaram os cabelos. Gente intolerante, inflexível, ditadora, nariz em pé, fala sério... Que Deus nos livre de gente desequilibrada!!! #Socorro

SECRETARIA DE TRANSPORTES ou INFRAESTRUTURA: Alguém que saiba dirigir e que tenha carteira A pelo menos. Porque cá entre nós, o que são essas mil lombadas em ruas sem nenhum movimento na  sempre pacata São Chico City. E o que é isso agora, esses semáforos em lugares mais pacatos ainda? Seria uma parceria com o crime organizado? E o tal trevo na gigante mesa de sinuca? Já visualizaram os turistas, na velocidade permitida 60km ou um pouco alegres, com as cervejas que tomaram e aí numa velocidade de 80km (Bem otimista) fazendo o zig-zag obrigatório desse trevo e se encontrando com uma das Scanias a 10km, que estarão tranquilamente fazendo contorno para entrar em um dos pátios dessa SC. Já imaginaram a situação ou precisa desenhar?  No mínimo essas pessoas andam de bicicleta e fazem caminhadas, dirigir que bom, necas!

Lilian Flores

P.s.: Presente personalizado que ganhamos da nossa diretora no dia do funcionário público. Um mimo que faz a diferença! #IssoÉtambemFazerEducacao

POESIA PURA OU PURA POESIA?


Não sei o quero escrever.
Só tenho certeza do que não quero escrever:
POLÍTICA!...

Quero a palavra solta, livre dos versos e das rimas
Que são algemas para os sentidos...

Só sei que quero o querer querido por todas...
E sei não quero ser a querida que não quer:
NINGUÉM!
Quero o silêncio da euforia, livre dos gritos d'alma abatida
Que geme, sonha, sussurra e espera sempre...

Só sei que tenho certezas incertas.
E que sou óbvia e efêmera quando:
ANOITEÇO!
Quero a poesia das palavras comedidas,
Que dançam balé nos verbos de um anônimo poeta.


Lilian Flores

IDENTIDADE


Para uns, documento; para outros referência e referencial. E eu acredito que identidade é mais que um documento, que simplesmente informa dados de origem, filiação, datas, etc. 
 Pra mim, identidade é aquela que diz quem eu sou, através do olhar, do falar, do agir, do sentir... informações que gritam aos 4 cantos, sem ter que comprovar a veracidade! Tipo assim: ela só podia ser de São Chico mesmo; com essas pequenas rugas no canto esquerdo e direito dos olhos, só podia ter 35 anos; e com essa petulância e bravura, não nega ser filha do Canta e da Sandrinha.
 É verdade sim, que nasci em São Chico e sou daquelas bem manézinha da Ilha, que prefere chinelo a salto alto; que prefere berbigão a frango; que prefere camarão a alcatra; que prefere preferir do que se abster.
 É verdade também que nasci para adorar a Cristo para todo sempre e que minha identificação não são saias longas, cabelos longos, sem maquiagem, sem brincos, sem, sem, sem... pelo contrário, minhas orelhas sem brincos é aquela sensação de nudez; meus lábios sem gloss ou batom rosa, é uma sensação de garganta seca; meus cabelos sempre pelos ombros, é uma sensação de frescor, nunca tive longas madeixas porque essa sensação de que acabei de sair do banho é boa demais para ser substituída; as saias e vestidos longos eu gosto, mas sem obrigação, gosto por simplesmente gostar; porque elas deixam as pernas livres, os joelhos soltos, o tornozelo a mostra, o calcanhar leve... Sou Cristã sem estereótipo de crente, com muito orgulho!
 É verdade que nasci no dia 9 de maio de 1979, a meia-noite e 2 minutos, e que esse mês é considerado o mês da família em nossa igreja; das noivas e das mães por aí e por aqui. 
 É verdade também que sou filha do Cantalício Flores Neto e da Sandra Regina Machado Flores e que eles são meus principais referenciais e que tudo que me ensinaram, guardo em minha memória intelectual e afetiva. 
 É mentira dizer, que falo pouco, (os calos nas cordas vocais não são em vão); que sou magra; que não tenho personalidade; que sou fútil; que leio pouco; que sou mentirosa...
 É verdade que sou professora de Língua Portuguesa e contadora de histórias e esses são um dos motivos, pelo quais falo muito, escrevo muito e leio muito. 
 É verdade que troco qualquer programação, exceto culto, por um bom livro e por uma boa história, não necessariamente na mesma ordem.
 É verdade que digo a verdade, doa a quem doer e que por sem assim, já perdi pequenas amizades e pequenos amores, porque se fossem grandes, prezariam a VERDADE!

Pois, como sempre me ensinaram meus pais: "antes uma AMARGA verdade, que uma doce mentira."

Lilian Flores

www.contoscontid uns, documento; para outros referência e referencial. E eu acredito que identidade é mais que um documento, que simplesmente informa dados de origem, filiação, datas, etc.
Pra mim, identidade é aquela que diz quem eu sou, através do olhar, do falar, do agir, do sentir... informações que gritam aos 4 cantos, sem ter que comprovar a veracidade! Tipo assim: ela só podia ser de São Chico mesmo; com essas pequenas rugas no canto esquerdo e direito dos olhos, só podia ter 35 anos; e com essa petulância e bravura, não nega ser filha do Canta e da Sandrinha.
É verdade sim, que nasci em São Chico e sou daquelas bem manézinha da Ilha, que prefere chinelo a salto alto; que prefere berbigão a frango; que prefere camarão a alcatra; que prefere preferir do que se abster.
É verdade também que nasci para adorar a Cristo para todo sempre e que minha identificação não são saias longas, cabelos longos, sem maquiagem, sem brincos, sem, sem, sem... pelo contrário, minhas orelhas sem brincos é aquela sensação de nudez; meus lábios sem gloss ou batom rosa, é uma sensação de garganta seca; meus cabelos sempre pelos ombros, é uma sensação de frescor, nunca tive longas madeixas porque essa sensação de que acabei de sair do banho é boa demais para ser substituída; as saias e vestidos longos eu gosto, mas sem obrigação, gosto por simplesmente gostar; porque elas deixam as pernas livres, os joelhos soltos, o tornozelo a mostra, o calcanhar leve... Sou Cristã sem estereótipo de crente, com muito orgulho!
É verdade que nasci no dia 9 de maio de 1979, a meia-noite e 2 minutos, e que esse mês é considerado o mês da família em nossa igreja; das noivas e das mães por aí e por aqui.
É verdade também que sou filha do Cantalício Flores Neto e da Sandra Regina Machado Flores e que eles são meus principais referenciais e que tudo que me ensinaram, guardo em minha memória intelectual e afetiva.
É mentira dizer, que falo pouco, (os calos nas cordas vocais não são em vão); que sou magra; que não tenho personalidade; que sou fútil; que leio pouco; que sou mentirosa...
É verdade que sou professora de Língua Portuguesa e contadora de histórias e esses são um dos motivos, pelo quais falo muito, escrevo muito e leio muito.
É verdade que troco qualquer programação, exceto culto, por um bom livro e por uma boa história, não necessariamente na mesma ordem.
É verdade que digo a verdade, doa a quem doer e que por sem assim, já perdi pequenas amizades e pequenos amores, porque se fossem grandes, prezariam a VERDADE
!


Lilian Flores