Li

Google+ Followers

sexta-feira, 11 de julho de 2014

SEMPRE

Sempre é um talvez.
Sempre é um amanhã que não chegou ainda.
Sempre é a esperança fantasiada de futuro.
Sempre é um passado que insiste em ser presente, sempre.
Sempre é um presente que não quer se despedir, nunca!
Sempre é até agora.
Sempre é você depois de amanhã.
Sempre é você ontem e hoje.
Sempre é um desconhecido que desaparece na neblina, como se fosse fantasma.
Sempre é existir até a meia-noite.
Sempre é existir nas 24horas.
Sempre é o sapo que não virará príncipe.
Sempre é um príncipe com alma de sapo.
Sempre é a música camuflada de silêncio.
Sempre é adormecer no sonho de alguém.
Sempre é sonhar acordada.
Sempre é uma noite bem dormida.
Sempre é um até logo.
Sempre é um continuar continuamente.
Sempre é desistir para esperar.
Sempre é esperar para não desistir de esperar, jamais!
Sempre é um nunca que deseja não existir.
Sempre é um jamais que chegou cedo.
Sempre é um êxtase, implorando até o final.
Sempre é um orgasmo de mil e uma noites.
Sempre é um eterno.
Sempre é um início que deseja ser um final...
Pra todo o sempre!
Amém!