Li

Google+ Followers

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Sobre Pontuações e Sentimentos IV


❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗❗

PONTO DE EXCLAMAÇÃO: Conhecido como ponto de admiração, é usado nas interjeições, expressando sentimentos. É preciso admirarmos o outro, seja por sua beleza, pela sua fé, pela sua inteligência, pelos seus dotes culinários, pela sua elegância, pelo seu jeito de falar, rir, chorar, pelos seus dons natos ou desenvolvidos... Enfim, é preciso ver o lado positivo! É preciso reconhecer o que há de bom. É preciso admirar! Admirar não é adorar, admirar, é olhar o outro plerplexamente e reconhecer nele o que falta na gente. É ficar boquiaberto, tentando entender como existe alguém assim?!
E claro, quando reconhecemos isso com nossos olhos, devemos expressar nossos sentimentos autênticos. É preciso dizer: eu te amo! É preciso dizer: estou com saudades! É preciso dizer: isso doeu na minha alma! É preciso dizer: estou triste! É preciso dizer falando, gesticulando, cantando, pintando ou escrevendo. É preciso dizer...
É preciso falar, sussurrar, gritar, esbravejar, tagarelar o que sentimos!
É necessário, é urgente, dizermos o que desejamos, o que queremos, o que sonhamos, o que pensamos...
É imprescindível dizer o que sentimos, mas é proibido inventar, aumentar ou diminuir os sentimentos.
É preciso falar das qualidades, mas é proibido achar perfeito! É preciso sentir verdadeiramente, para dizer convincentemente!
É preciso dizer que é fiel e assim ser! É preciso dizer que ama e amar!
É preciso dizer que está triste, mas é proibido não dizer o motivo. É permitido dizer, mas é proibido não querer ouvir.
É urgente, é necessário, é preciso dizer o que seu coração lhe diz, o que a sua mente pensa e o que a sua alma deseja... Sem meios termos, sem teatro, sem máscaras, sem pré-conceitos, sem rótulos, sem pressa... Olhando nos olhos, sempre!
É preciso alfabetizar os sentimentos, urgentemente!

Lilian Flores